VALE SE RECUSA A DISCUTIR COM DIRETORIA DO COMEFC

0
40
Em contato com a direção do Consórcio dos Municípios da Estrada de Ferro Carajás no Maranhão (COMEFC), a VALE S.A, mais uma vez, é omissa em iniciar discussões para tratar sobre as compensações destinadas aos 23 municípios afetados pela Estrada de Ferro Carajás no Maranhão.
Através do Diretor Executivo de Logística, Humberto Freitas, a mineradora negou a solicitação de reunião com a diretoria geral da empresa (no Rio de Janeiro), e apenas direcionou à diretoria regional. Há 30 anos, as reuniões realizadas com a diretoria regional da VALE S.A não surtiram efeito algum, apenas solidificou o tratamento de descaso e abandono por parte da empresa com o Maranhão.
O consórcio nasceu para minimizar os impactos sofridos pelos 23 municípios, que estão atuando de forma coletiva para que a VALE entenda que é necessário compensar. Além dos débitos socioeconômicos e ambientais com o Maranhão, a empresa acumula ao longo dos municípios 159 mortes ocasionadas pela Estrada de Ferro Carajás em nosso estado.
Nas mais de 10 audiências realizadas pelo Consórcio desde seu lançamento em 26/04/2013, a Vale vêm evitando os debates, por saber que não tem cumprido com suas responsabilidades com o Maranhão. Atualmente o estado ocupa o 26º lugar no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do Brasil, e as comunidades atingidas apresentam índices ainda mais baixos.
As dificuldades enfrentadas pelas cidades impactadas circulam no campo da saúde, educação e desenvolvimento econômico.  O Maranhão é atualmente responsável pelo escoamento e embarque de 42,5% de toda a produção de Minério de Ferro da Vale no Brasil e, a partir de 2017 este número irá para quase 60%. Portanto, é  questão de justiça, unir objetivos comuns e garantir melhoria na qualidade de vida desses cidadãos. Só a Vale S.A não consegue enxergar essa necessidade. 
As audiências públicas continuam sendo realizadas sem a presença da VALE S.A, as próximas cidades a serem visitadas serão Vitória do Mearim e Igarapé do Meio, dias 14/06 15h30 e 15/06 09h30 respectivamente.
Assessora de Comunicação Comefc