Santa Inês – Ribamar Alves Participa da Assinatura de Ordem de Serviço em São Luís

0
28

O primeiro de importantes passos que serão dados pela Administração Municipal de Santa Inês para dotar o município de infraestrutura apropriada na área de saúde foi dado na manhã de ontem, quarta-feira, 20, quando o prefeito Ribamar Alves participou, em São Luís, da assinatura da ordem de serviço para a construção do hospital macrorregional de Santa Inês.
A cerimônia, presidida pela governadora Roseana Sarney, aconteceu no Palácio dos Leões, em São Luís, e representaram o município de Santa Inês o prefeito Ribamar Alves; a primeira-dama Luana Costa, o secretário de Saúde de Santa Inês, Thiago Lima Alves; o presidente da Câmara de Vereadores, Franklin Seba, e a vereadora Carla Sousa.
Em seu discurso, o prefeito Ribamar Alves agradeceu a atitude da governadora em assinar ordem de serviço que amplia a rede hospitalar do Maranhão. Ele disse que o hospital macrorregional de Santa Inês servirá para atender a uma população em torno de 750 mil pessoas.
“Queremos agradecer em nome da população de Santa Inês e da região. No momento que o Governo do Estado assume a responsabilidade pelos atendimentos de alta complexidade, desafoga a rede municipal de saúde para investimentos em atendimentos à média e baixa complexidade, e isso nós faremos com o apoio do Governo Federal”, disse Ribamar Alves.
Presente à solenidade, o secretário de Saúde de Santa Inês, Thiago Lima, disse que a construção do hospital macrorregional desafogará a rede municipal, que atualmente atende à toda a região, sem receber recursos para tanto.
Segundo ele, no momento em que o hospital regional estiver em funcionamento, a rede municipal terá condições de desenvolver um melhor trabalho, equipando melhor seus hospitais próprios e fortalecendo a atenção básica e a saúde preventiva. “A alta complexidade é uma competência do Estado e hoje é a rede municipal quem realiza esse atendimento”, disse Thiago.
Além de Santa Inês, também foram assinadas ordens de serviços para construção de hospitais macrorregionais em Imperatriz e Pinheiro, além do Hospital Regional de Chapadinha. 
As informações são do  Departamento de Comunicação da Prefeitura de Santa Inês. Fotos Ledilce Fonseca