Prefeito Almeida Sousa participa de DIA de CAMPO em plantação de feijão

0
168
Prefeito Almeida Sousa entre as plantações de feijão. Foto/Josiel Lima
Aproximadamente 40 agricultores familiares do povoado Vila Diamante, zona rural de Igarapé do Meio, plantam feijão e foi pensando nestes trabalhadores que o secretário municipal de agricultora familiar, Pedro Igor, convidou na manhã de sábado (16), o prefeito Almeida Sousa para acompanhar de perto a produção daquela comunidade. O ‘Dia de Campo’ aconteceu em uma área coletiva, destinada ao plantio de feijão e segundo informações a meta dos agricultores é colher mais de 200 toneladas de feijão verde, ainda este ano – 2017.

Almeida Sousa percorreu a área da lavoura e se mostrou entusiasmado com aquela produção. O produtor rural Adailton da Silva Costa de 43 anos falou a nossa redação que o maior problema deles era a estrada. “Estamos felizes porque Almeida mandou abrir o acesso e por conta disso as coisas começaram a melhorar.”, contou Adailton Costa. “Volto a reafirmar meu compromisso coma agricultura do município de Igarapé do Meio. Vou disponibilizar o caminhão para que a produção seja escoada, fortalecendo desta forma a venda dos produtos, sem que o produtor dependa de terceiros, foi por isso que abri o acesso até a produção”, disse o prefeito Almeida Sousa.

Ela contou ainda que um trator foi cedido para ajudar os agricultores e firmou compromisso em comprar parte daqueles produtos. “Hoje nossos produtores plantam com a certeza de que há um comprador, ‘PREFEITURA DE IGARAPÉ DO MEIO’. Mais como a demanda aumentou, ou seja, o incentivo superou as expectativas, estamos em busca de parceiros para absolver parte de nossa produção”, concluiu o prefeito.

Muitos dos agricultores do plantio do feijão não fazem ideia do quanto produziam e nem muito menos de suas percas. “Ano passado eu creio eu que vendi duas toneladas de feijão, mais o feijão seco só tirei quatro sacos”, disse o senhor Emanoel. O secretário municipal de agricultura familiar, Pedro Igor informou que sua equipe está trabalhando para fazer o ‘mapa-agrícola’ do município de Igarapé do Meio. “Essas informações colhidas diretamente do campo, irá nos ajudar a mostrar o aumento de produção e se por um acaso houver perca, poderemos trabalhar no ano seguinte em cima do problema ocorrido em determinada lavoura.”, disse o secretário municipal de agricultura familiar.

Emanoel desabafa: “Era muito ruim plantar feijão sem a ajuda do trator”. Acompanharam o prefeito os vereadores Adalberto Ramos, Profº Claudemir e o presidente da câmara, vereador Zeca do São Benedito, o secretário de articulação política, Noé e agricultores de outros assentamentos.

É importante dizer que naquele local, são plantados milho, melancia, pepino e outros, onde em muitos casos, são apenas para o consumo. Mas o gestor quer no ano seguinte mudar essa realidade.