POLITICA – Flávio Dino Visita Região dos Cocais Neste Fim de Semana

0
46


Inauguração de escolas, quadras e reunião com lideranças comunitárias locais marcarão o final de semana da região leste do estado
Matões inaugura mais uma escola, duas quadras esportivas cobertas e se destaca como uma das mais ousadas gestões de educação no Maranhão. Administradas por Suely Pereira (PSB), a cidade conta hoje com 30 escolas funcionando em tempo integral. A escola rural será implantada no povoado Mandacaru (20 km da sede do município) e deve dar mais qualidade de vida às crianças e famílias da região.
A inauguração da nova unidade escolar e dos espaços de esporte e lazer em Matões acontecerá na noite de hoje, sexta (1º) e contará com a presença de lideranças da oposição estadual, como o presidente da Embratur, Flávio Dino (PCdoB) e os deputados estaduais Rubens Pereira Júnior (PCdoB) e Bira do Pindaré (PT). Líderes regionais e comunitários também marcarão presença no evento.
A gestão da Educação Pública em Matões tem sido um dos pontos fortes da administração da cidade, beneficiando mais de 5 mil crianças com a educação em tempo integral. A escola do povoado Mandacaru é o exemplo de mais um avanço na educação pública oferecida ao povo de Matões.
Ato em Caxias
O PDT faz mais um encontro regional para discutir a realidade maranhense. Neste fim de semana, o evento ocorre em Caxias. A convite do diretório estadual do PDT, Flávio Dino também marcará presença no evento junto com lideranças da região dos Cocais e Maranhão Central.
Em reunião regional do PDT no último sábado (23), Flávio Dino fez um convite à  população do Maranhão pela celebração da esperança, para virar a página do domínio oligárquico no Maranhão.
“Precisamos pôr fim a essas páginas tristes, de abandono e de exclusão que acompanham o nosso estado. O Maranhão não pode mais esperar pelas grandes promessas que são feitas e não são cumpridas. As crianças que morrem nos hospitais à espera de atendimento, as pessoas que estão sofrendo nos hospitais, os jovens de Imperatriz que não têm aula por falta de escola não podem mais esperar,” enfatizou