PODE ESPERAR – Por Luís Henrique

As mudanças em Santa Inês Estão acontecendo de fato

O Mercado Central Mergulhado em lixo Gente misturada com bicho Urubu, cachorro, morcego… rato.

O povo queria o novo Taí, chegou o novo asfalto Para uma pequena parcela Das nossas ruas

Nas restantes é só buraco

Caiu a qualidade Da alimentação escolar

E as escolas estão sendo Invadidas por vândalos E pelo mato. Mas o povo queria a mudança

Pois não reclamem do chicote austero

Nem das grosserias, nem da ditadura P

ois o nosso prefeito de fato Vê arte como vagabundagem

E também como frescura

Então a prefeita de direito

Baseada em analfabetismo cultural

Extinguiu a Secretaria de Cultura

A Praça da saudade Outrora palco de grandes eventos Está servindo de pasto Pra cavalo, burro, jumento Ficou só a saudade Do “Santa Inês Recebe” E isso é só o começo O início do sofrimento Ainda vai morrer muita gente Nas filas dos hospitais Ainda levaremos muitos coices De quem deveria nos tratar Com respeito e como iguais Mas o povo queria mudança E pode esperar… que vem mais.