Governo do Maranhão e Sebrae reúnem parceiros para discutir estratégias para a Rota das Emoções

0
72

Criatividade, solução, reflexão, união. Esses foram os principais ingredientes do seminário ‘Pensamento Estratégico Rota das Emoções’, realizado no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA), em Barreirinhas. Promovido pelo Sebrae Maranhão, em parceria com Governo do Maranhão, por meio da Secretaria Estadual de Cultura e Turismo (Sectur) e outras instituições, o evento promoveu encontro entre executivos do Maranhão, Piauí e Ceará, representantes do poder público dos três estados e profissionais de Turismo para pensar soluções de impacto que impulsionem o turismo na Rota das Emoções nos anos de 2017 e 2018.

“Para o desenvolvimento contínuo e promoção efetiva do destino Rota das Emoções, a união entre poder público, empresários e demais representantes da sociedade civil é fundamental e estratégia. Encontros como este atuam como catalizadores e devem contribuir para o desenvolvimento dos estados, em especial os municípios da Rota”, afirmou o secretário-adjunto de Turismo da Sectur, Hugo Veiga.

Dividido em quatro eixos temáticos, o seminário foi conduzido de forma dinâmica e com metodologia que permitiu compilar 21 proposições que, consolidadas, vão gerar a ‘Carta de Intenções da Rota das Emoções’. “A proposta desse nosso encontro é pensar soluções de impactos, que saiam da mesmice. Estamos juntando olhares, com visões diferentes que, com certeza, vão gerar excelentes resultados”, destacou o consultor do Sebrae Nacional e Ministério do Turismo, Ricardo Cerqueira.

Os quatro eixos temáticos foram ‘Inclusão social e cidadania para os munícipes da Rota’, ‘Infraestrutura para o desenvolvimento da Rota’, ‘Desenvolvimento das Competências e qualificação para atuação na Rota’, ‘Impactos e soluções para a baixa estação’. Este tema, que teve palestra ministrada pela assessora especial do Governo do Maranhão, Delma Andrade, foi um dos mais mencionados na consolidação das propostas. “Para enfrentar a sazonalidade na Rota das Emoções é fundamental criarmos produtos que motivem os visitantes a ficar no destino por mais tempo e retornem. Um grande aliado nesse processo é o marketing. Sem ele é impossível trabalhar”, explicou a assessora.

Grupos de Trabalho

Após a realização de todas as palestras, os participantes foram divididos em quatro Grupos de Trabalho, sendo um para cada eixo temático. Neles, executivos, representantes da Segurança Pública e profissionais de turismo foram estimulados a apresentar sugestões estratégicas para subsidiar a Carta de Intenções da Rota das Emoções, que será entregue aos vários atores institucionais considerados estratégicos para o desenvolvimento da Rota.

O secretário-adjunto Hugo Veiga foi mediador do Grupo de Trabalho ‘Infraestrutura para o Desenvolvimento da Rota’, e considerou o evento de extrema importância e em momento oportuno. “Neste cenário, em que o vocabulário brasileiro destaca a palavra ‘crise’, é fundamental pensarmos estratégias que contemplem ações interdisciplinares e que venham a gerar, num futuro próximo, receita para os três estados, através incremento do Turismo”, destacou.

“Temos que agir ao mesmo tempo em que pressionamos as fragilidades da infraestrutura, por exemplo. Precisamos de proposições factíveis, geradoras de impacto e que favoreçam o coletivo”, enfatizou o diretor técnico do Sebrae Maranhão, José Morais.