A PM apreendeu em Arame – MA, empresário com diversas armas de fogo e foragido da Justiça em Caxias

A Polícia Civil do Maranhão em cumprimento a mandados de prisões preventivas prendeu de terça-feira (30), dois homens suspeitos de terem envolvimento com ações criminosas no interior do estado. No município de Arame, a 441 km de distancia de São Luís foi preso o Empresário Francisco Bezerra dos Santos. Segundo informações colhidas com a polícia, ele foi preso com diversas armas de vários calibres e munições. A outra prisão se deu na cidade de Caxias, contra Francisco da Silva Consolo. Ele era foragido do Estado do Ceará, onde possui mandados de prisão por roubo qualificado e formação de quadrilha.

Informações repassadas pelo delegado titular da Delegacia de Arame, Ronilson Carvalho, juntamente com o delegado do 1º DP de Imperatriz e sua equipe de investigadores deram voz de prisão ao Empresário Francisco Bezerra dos Santos “Vulgo Francisco da Agropecuária”. Ele teve dois mandados de prisão oriundos da Comarca de Imperatriz.

Após realizarem investigações, procedido de monitoramento, ele foi preso na cidade de Arame, por volta das 09hs da manhã. A policia informou ainda que durante a sua prisão foram apreendidas com ele, diversas notas fiscais, um revólver calibre 38, uma pistola 380, um rifle calibre 22, uma espingarda calibre 12, 24 munições calibre 380, 14 munições calibre 12 e ainda 13 munições calibre 38.

O delegado salientou ainda, que o empresário era investigado pela Polícia Civil de Arame por venda de armas e munições. Já em Imperatriz, ele está sendo investigado por receptação. Após ser preso, ele foi autuado em flagrante delito pelo crime de posse de arma de uso permitido e encaminhado para o Complexo Penitenciário, onde ficará à disposição da Justiça.

thumbnail_PRESO EM CAXIAS

Outra prisão  por porte ilegal de arma de fogo

No município de Caxias, a 424,4 km de distancia de São Luís, a Polícia Civil através da Delegacia Regional de Caxias prendeu nesta terça-feira (30), um homem identificado por Francisco da Silva Consolo, conhecido por João Ramos Fernandes Neto. As investigações revelaram que o suspeito é foragido do Ceará, onde possui mandados de prisão por roubo qualificado e formação de quadrilha pela 17ª Cara Criminal de Fortaleza e 2ª Vara de Caucaia.

Em posse de Francisco Consolo foi encontrado por policias uma arma de fogo e logo foi  autuado em flagrante delito, pelo crime de posse de arma de fogo com numeração suprimida. Ele  também foi acusado de  falsidade ideológica. O delegado regional de Caxias, Jair Paiva informou que há cerca de 20 dias foram iniciadas as investigação acerca do suspeito,  o qual já residia há mais de dois anos em Caxias, sendo proprietário de uma pequena fazenda e uma loja de peças para motocicletas.

Durante as investigações, foi verificado que além dos mandados, ele tinha sido autuado em flagrante por receptação no dia 18 de agosto de 2016, no Ceará,  ocasião em que conduzia  um caminhão roubado no Crato / CE.  O mesmo já foi processado por roubo a carga em São Paulo/SP e é suspeito de integrar uma quadrilha de assaltos a cargas e veículos com ações na região de Juazeiro do Norte e Crato, além de outras cidades.

Após ser preso, Francisco da Silva Consolo foi encaminhado para o Complexo Penitenciário para permanecer preso e responder à justiça.